Glaucoma

O QUE É?

O glaucoma é uma doença multifatorial caracterizada por acometimento do nervo óptico ocasionando atrofia de suas fibras e perca visual irreversível. O principal fator de risco para desenvolvimento do glaucoma é o aumento crônico da pressão intraocular, que numa minoria dos casos pode estar normal (glaucoma de pressão normal).

O glaucoma de forma geral é uma doença silenciosa e assintomática, onde ocorrerá perda gradual do campo visual que de forma centrípeta vai progredindo em direção ao centro após anos de evolução, levando finalmente a cegueira completa e irreversível. Exceção se dá nos casos de glaucoma agudo de ângulo fechado, mais frequente em olhos pequenos, hipermetropes e pacientes de origem oriental, em que este tipo da doença causará aumento súbito da pressão a níveis altíssimos, provocando dor aguda e levando a cegueira dentro de dias, caso não haja redução rápida da pressão ocular.

COMO TRATAR?

  • Uso contínuo de colírios hipotensores oculares.
  • A cirurgia está indicada quando ocorre a impossibildiade de controlar a pressão dentro de níveis seguros, níveis este que vão depender de cada caso e grau de avanço da doença.

COMO PREVENIR?

  • Consultas periódicas com medida da pressão ocular e fundoscopia com biomicroscopia detalhada de nervo óptico ajudam a se fechar o diagnóstico e no acompanhamento correto da doença.
  • Em casos suspeitos, devem ser realizados exames para triagem: campimetria, paquimetria e curva tensional, além da retinografia para fotodocumentação da cabeça do disco óptico e comparação futura de progressão no tamanho e aspecto da escavação papilar.

PONTOS ESSENCIAIS

O exame de rotina e o uso correto da medicação são essenciais na prevenção da cegueira .

Muitas condições da retina estão associadas com o aparecimento do glaucoma, como:

  • Retinopatia diabética mal controlada
  • Miopia
  • Oclusões venosas.

Curiosidade: A relação escavação do disco/ área completa da cabeça do disco está diretamente relacionada com a suspeita e progressão do glaucoma. Olhos “normais” tendem a ter escavação que não ultrapasse uma relação de 0,5. Porém, mais importante do que o tamanho da escavação propriamente dita é o aspecto do nervo. Logo, muitas pessoas podem ter a escavação do nervo aumentada de tamanho, não necessariamente sendo portadoras de glaucoma. Isto é especialmente válido para pacientes míopes que tendem a ter um nevo maior, e consequentemente, uma escavação também maior.

Não raro encontra-se uma família inteira de pacientes com escavações do nervo aumentadas, mas com aspecto fisiológico e principalmente, com exames de triagem para glaucoma normais, devendo estes pacientes serem apenas acompanhados periodicamente, sem necessidade de tratamento.

6

Progressão do campo visual com glaucoma

Outras Cirurgias e Doenças

ENTRE EM CONTATO

Ophthalmo Clínica de Olhos.
Centro Médico F. Diniz

Rua Dom Pedro II 407 (Sala 207)
(Prata – Próximo ao terminal da integração).
CEP: 58400-565.
Campina Grande, Paraíba PB.

Telefones:
(83)3077-1777 | (83)98187-1777

contato@clinicaophthalmo.com

ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS

AGENDE SUA CONSULTA

Eduardo Henrique Campos - Doctoralia.com.br